Anel intra-estromal no ceratocone

No ceratocone a córnea tem sua curvatura alterada, levando ao aparecimento de astigmatismo elevado e irregular, de difícil correção com óculos ou lentes de contato. A progressão da doença ocasiona diminuição da visão, muitas vezes acentuada.

A correção do astigmatismo e as formas de tratamento disponíveis devem ser definidas de acordo com a severidade do ceratocone e a baixa visual.

• Correção óptica
Nas fases iniciais, em que o astigmatismo e a irregularidade da córnea não são acentuadas, a compensação do defeito visual pode ser feita através dos óculos e das lentes de contato.
Os óculos são utilizados nas fases mais precoces do ceratocone, quando é possível corrigir o erro refracional- miopia e astigmatismo, causado pelo ceratocone.
As lentes de contato próprias para correção de ceratocone, estão indicadas nas fases seguintes, quando há aumento do astigmatismo com piora da acuidade visual. Novas lentes e a evolução dos materiais utilizados tem possibilitado uma maior tolerâncias às lentes de contato.

•  Anel intracorneano
Consiste no implante de um anel de PMMA (um polímero acrílico, inerte), no interior do tecido corneano (estroma). Trata-se de procedimento realizado no centro cirúrgico, sob anestesia local.

O implante fará com que a superfície anterior da córnea fique mais plana, aproximando-se da sua curvatura normal. O resultado é a correção ou diminuição do astigmatismo e da irregularidade cornena. A melhora da acuidade visual é habitualmente rápida.

Por se tratar de um procedimento menos invasivo, o anel intracorneano apresenta um menor índice de complicações e tem vantagens sobre outros procedimentos cirúrgicos. Entre as vantagens inclui-se  a possibilidade de remoção do anel em caso de complicações.  

O implante do anel intra-corneano é uma opção de tratamento quando a tolerância às lentes de contato é pequena e quando houver sinais de progressão do ceratocone. Uma avaliação oftalmológica é necessária para decidir sobre a indicação, riscos e benefícios do procedimento. 


Transplante de córnea
O
transplante de córnea é o procedimento convencional para o tratamento das formas severas de ceratocone. Por se tratar de um procedimento que necessita de um doador e que envolve complicações como rejeição do disco transplantado, o transplante de córnea é considerado hoje a última alternativa para tratamento do ceratocone.