Corpo Clínico   Convênios   Agendamentos   Mapa do Site   English
 
» Ametropias ou defeitos da visão
» Catarata
» Ceratocone
» Degeneração Macular
» Estrabismo
» Glaucoma
» Lentes de Contato
» Cirurgia da Miopia a Laser
» Moscas Volantes
» Plástica ocular
» Retinopatia Diabética
Lentes de Contato

 

As lentes de contato representam um grande avanço na correção não-cirúrgica dos defeitos da visão. Assim chamadas por serem lentes que ficam em contato direto com a córnea, passam despercebidas quando comparadas aos óculos. São ideais para a prática de esportes, proporcionando visão de melhor qualidade com segurança e liberdade de movimento. 

Em princípio, podem usar lentes de contato as pessoas que usam óculos para correção de miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia. Em determinados casos de ceratocone, em pessoas submetidas a transplante de córnea ou naquelas que sofreram algum tipo de trauma ocular, as lentes de contato podem ser a única opção para melhora da acuidade visual. As lentes de contato também podem ser utilizadas com finalidade estética, para mudar a cor dos olhos ou melhorar o aspecto de olhos desfigurados, e com finalidade terapêutica, no tratamento de doenças da córnea ou após certos procedimentos cirúrgicos. 

Quem faz uso de lentes de contato deve visitar o oftalmologista pelo menos uma vez por ano, para um correto diagnóstico das condições do olho e orientação sobre o uso adequado. Uma vez adaptadas, é preciso que o usuário siga corretamente as orientações quanto ao manuseio, tempo de utilização, cuidados com limpeza, desinfecção e reposição. 

Lentes de contato gelatinosas

De fácil utilização, as lentes de contato gelatinosas são as mais confortáveis e de adaptação mais rápida. São também as mais adequadas para a prática de esportes porque dificilmente saem dos olhos e, em caso de acidente, não oferecem risco ao usuário. Podem ser usadas por muitas horas seguidas, dependendo apenas da tolerância individual. Podem ser de hidrogel e de silicone-hidrogel. 

Lentes de contato de silicone-hidrogel

As lentes de silicone-hidrogel apresentam o melhor duas grandes qualidades: a permeabilidade ao oxigênio das lentes gás-permeáveis e o conforto das lentes gelatinosas. Suas propriedades derivam do material especial utilizado na sua fabricação. Várias marcas estão disponíveis. Apresentam alta permeabilidade ao oxigênio, são confortáveis e oferecem menor risco de complicações. 

Tipos de lentes gelatinosas

  • Esféricas: Corrigem miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.
  • Tóricas: para correção dos astigmatismos não corrigíveis pelas lentes esféricas.
  • Bifocais e multifocais: para correção da presbiopia ou vista cansada.
  • Coloridas: utilizadas para mudar temporariamente a cor dos olhos. Disponíveis em diferentes cores, as lentes coloridas também podem ter grau, permitindo assim a correção de eventuais defeitos da visão.

Classificação quanto à forma de uso

  • Lentes de uso convencional: são para uso diário, sendo substituídas após um ano de uso, desde que não haja mudança no grau ou não se danifiquem.
  • Lentes descartáveis: de uso único, ou seja, uma vez retiradas dos olhos, devem ser descartadas. Há lentes descartáveis para usar por apenas um dia ou por uma semana.
  • Lentes de troca planejada: de uso diário ou contínuo, devendo ser descartadas após o período planejado, que pode ser de uma semana, duas semanas, um mês, dependendo da lente, das condições do olho e da avaliação médica. Neste caso, o usuário terá sempre disponível, lentes novas, em embalagem individual, esterilizada, caso aconteça perda ou dano acidental.

Lentes de contato rígidas gás-permeáveis

São lentes rígidas que diferem das antigas lentes acrílicas por serem permeáveis ao oxigênio, podendo ser fabricadas com diâmetro maior, oferecendo mais conforto. Podem ser utilizadas para correção de quase todos os tipos de grau, sendo especialmente indicadas na correção do astigmatismo corneano, quando as gelatinosas não proporcionam boa acuidade visual. Comportam-se como uma nova superfície do olho, proporcionando uma visão de melhor qualidade.

Existem numerosos desenhos de lentes rígidas e elas podem ser produzidas a partir de diferentes materiais. Casos complicados que não podem ser resolvidos com outros tipos de lentes de contato, podem muitas vezes serem solucionados com as lentes rígidas, especialmente com as esclerais, que são um novo modelo, com diâmetro grande, maior do que o diâmetro da córnea, mas que oferecem conforto surpreendente. 

Uso correto e seguro das lentes de contato

A adaptação deve ser feito pelo oftalmologista. A escolha do tipo de lente e dos seus parâmetros é feita levando-se em consideração o grau, as condições do olho e os testes realizados.

As lentes de contato devem ser manuseadas com cuidado para não serem danificadas. Cuidados rigorosos de limpeza e desinfecção devem ser observados, para impedir sua contaminação por agentes externos. Produtos de ação múltipla, tornaram estes procedimentos simples e mais seguros, promovendo a limpeza e desinfecção enquanto as lentes são mantidas no estojo.

  1. Procure um oftalmologista para exame oftalmológico e adaptação das lentes de contato
  2. Não ultrapasse o número de horas ou dias de uso recomendado pelo oftalmologista.
  3. Siga rigorosamente os cuidados de limpeza  e desinfecção recomendados pelo médico. A escolha dos produtos a serem utilizados deverá levar em consideração as características do olho e o tipo de lente de contato.
  4. Substitua as lentes no prazo recomendado pelo oftalmologista, Mesmo que pareçam confortáveis, lentes usadas além do tempo recomendado oferecem um risco de complicações consideravelmente mais alto.
  5. Faça uma avaliação com o oftalmologista a cada 6 meses.
  6. Não use lentes de contato de outras pessoas, pois elas podem transmitir doenças.
  7. Em caso de sintomas e sinais como dor, olho vermelho, lacrimejamento, sensação de corpo estranho, diminuição da visão, retire as lentes e procure o oftalmologista.
  8. Não durma usando lentes de contato, a não ser quando isto for permitido pelo oftalmologista.

 

Quem pode usar?  Qual o tipo de lente mais adequado? Como usar? Quais os cuidados e quais as possíveis complicações do uso das lentes de contato?

Na atualidade, a maioria das pessoas pode usar lentes de contato, porém, para responder a  estas questões é preciso consultar um oftalmologista.

Somente o oftalmologista tem o conhecimento e está habilitado a avaliar corretamente o paciente e a determinar os parâmetros da lente de contato a ser adaptada.

Qualquer que seja a lente adaptada, o usuário recebe no Instituto Panamericano da Visão, orientação quanto aos cuidados, treinamento para colocar e retirar as lentes de contato, e assistência durante seu uso. 

 

Links para vídeos educativos

Como tirar e colocar Lentes de Contato

Manutenção e Assepsia de Lentes de Contato

 

 

 
 
Newsletter
Receba todas novidades do IPVisão:
 
 
 
Avenida T-8 nº 171 St. Marista, Goiânia - GO CEP 74.150-060 (62) 3096-8000
Copyright 2011 - Instituto Panamericano da Visão Todos os direitos reservados