Tomografia de Coerência Óptica

 A Tomografia de Coerência Óptica, OCT das iniciais em inglês (Optical Coherence Tomography), é um procedimento diagnósticoque utiliza a luz para obter e criar uma imagem da retina e do disco óptico.

Utilizando uma técnica conhecida como interferometria de baixa coerência para medidas ópticas, o OCT tem principio de funcionamento semelhante ao do ultrassom, porém utilizando a luz no lugar do som. Esta diferença permite medidas de tecidos biológicos dentro da escala de até 2 micra, contra as 200 micra do ultrassom. O exame é não invasivo, não havendo contato com o olho.

O Instituto Panamericano da Visão dispõe da mais recente tecnologia em OCT, o Cirrus™ HD-OCT (Carl Zeiss Meditec),  um tomógrafo de alta definição (HD), de tecnologia Spectral ou Fourier Domain que permite a obtenção de tomogramas de alta resolução

A luz do scan é focalizada na retina e o computador analisa a quantidade de luz refletida, criando assim uma imagem do tecido analisado, antes só possível nos estudos histológicos.

  

Tomógrafo de Coerência Óptica

Mácula normal

A Tomografia de Coerência Óptica é um método diagnóstico que permite avaliar inúmeras doenças da retina e do disco óptico. No glaucoma, a Tomografia de Coerência Óptica é um excelente método de avaliação do disco óptico e da camada de fibras nervosas. A seguir, alguns exemplos de exames realizados com o OCT, incluindo a visualização em tres dimensões.

Descolamento macular Buraco Macular

 

Buraco Macular 3 D Avaliação do disco óptico e da camada de fibras nervosas