Cirurgia de Vias Lacrimais

Normalmente, as lágrimas são drenadas por duas pequenas aberturas nos cantos dos olhos (pontos lacrimais), e são bombeadas pela ação do piscar das pálpebras para dentro do ducto lacrimal e finalmente para dentro do nariz. Esta é a razão de seu nariz escorrer água quando você chora.

Sintomas

A obstrução da via lacrimal pode ser congênita ou adquirida, podendo provocar os seguintes sintomas:

Lacrimejamento persistente

Secreção

Infecção

Tratamento

Dacriocistorrinostomia (DCR): Desde sua introdução no início do século passado, a cirurgia tem sido o procedimento “tradicional” mais frequentemente realizado para tratamento do lacrimejamento crônico no adulto. Produz-se um “novo canal” através da retirada de um fragmento de osso nasal e sutura do saco lacrimal com mucosa nasal.

Ela tem alta taxa de sucesso (cerca de 85%) e pode ser realizada via externa (com corte na lateral da base do nariz) ou via endonasal (sem corte, feita com endoscópio por dentro do nariz). Uma sonda de silicone pode ser implantada temporariamente (entre 1 e 3 meses) no novo canal para mantê-lo aberto durante o período de cicatrização. A cirurgia é realizada ambulatorialmente (não necessita de internação), sob anestesia geral e tem duração média de 50 minutos se unilateral.

Riscos e Complicações

Apesar de incomuns, são os riscos usuais da anestesia (converse com o anestesista) e, em relação à cirurgia, pode ocorrer sangramento abundante e infecção. Ocasionalmente, o organismo pode formar cicatriz sobre o novo canal causando um bloqueio da drenagem novamente, o que irá necessitar nova cirurgia para correção.

Open chat