Laser Amarelo de Estado Sólido

Laser Amarelo de Estado Sólido

O Instituto Panamericano da Visão conta com a mais recente tecnologia em laser para tratamento das doenças da retina e glaucoma: o laser amarelo de estado sólido (IQ 577 Laser System, Iridex). Trata-se do primeiro sistema a incorporar a tecnologia MicroPulso que permite um maior controle sobre os efeitos térmicos da fotocoagulação a laser, diminuindo seus efeitos colaterais.

Dentre as características do laser amarelo destacam-se a capacidade de passar por meios com transparência diminuída, maior conforto e tolerância na sua aplicação e sua pequena absorção pelo pigmento macular.

O tratamento com o laser é feito ambulatorialmente, ou seja, sem necessidade de internação. Utiliza-se anestesia tópica, na forma de colírio. Sentado, o paciente apoia o queixo e a testa em um aparelho, a lâmpada de fenda, e o laser é aplicado através de uma lente especial.

As doenças da retina e glaucoma que se beneficiam com a fotocoagulação com laser amarelo de estado sólido incluem:

Retinopatia Diabética

Oclusões venosas da retina

Glaucoma de ângulo aberto

Lesões degenerativas da retina- imagem ao lado

Laser verde com oftalmoscópio indireto

Quando este exame é recomendado?

O laser amarelo de estado sólido é utilizado em situações especiais, tais como em crianças, em que há necessidade de sedação anestésica e, portanto, o laser não pode ser aplicado com o paciente sentado, à lâmpada de fenda.

A retinopatia da prematuridade, uma condição que afeta recém nascidos, prematuros, de baixo peso, é uma das condições em que se faz uso do laser verde com oftalmoscópio indireto.

Open chat